O que é Liderança Transformacional?

O que é Liderança Transformacional?

Para acompanhar o ritmo intenso provocado pela aceleração tecnológica, as empresas precisam aprender a passar por constantes mudanças que só se tornam possíveis se as pessoas que as integram também forem capazes de seguir esse movimento.

Assim, se as empresas precisam funcionar em contínua transformação, para sobreviver ao concorrido mercado, torna-se imprescindível que seus lideres sejam dotados de características especificas, preparados para atender esse novo modelo.

A última edição da revista HSM Management (maio/junho/2018) trouxe o resultado do 1º Prêmio HSM Management de Liderança, destacando um grupo especial formado pelos chamados lideres transformacionais que geram impacto nos negócios por meio de uma inovadora forma de liderar.

O termo liderança transformacional, apesar de ter sido criado há décadas, está se enquadrando perfeitamente no conceito de liderança de sucesso dos dias atuais.

Diferente da gerencia tradicional que se concentra em organizar e supervisionar o cumprimento de tarefas, oferecendo recompensas e punições, esses líderes criam mudanças significativas na vida dos colaboradores e, consequentemente, na organização.

O prêmio aferiu a liderança transformacional com base no tipo de influência exercida sobre os liderados, identificando quatro elementos:

Consideração individual – esses líderes agem como coaches e mentores, contribuindo para o desenvolvimento dos liderados, individualmente.

Estímulo intelectual – incentivam a criatividade de seus colaboradores para solucionar problemas, permitindo que se arrisquem, sem medo. Aproveitam as situações mais inusitadas para aprender.

Motivação e inspiração – transmitem otimismo sobre as metas, dando significado às tarefas.

Influência idealizada – funcionam como role model (modelo de conduta a ser seguido) para os liderados.

Como diz o nome, líder transformacional, estamos falando daquela pessoa que transforma outras pessoas, não só pela forma com que as trata, mas pelo modo como se comporta diante das mais variadas situações.

O ato de transformar pessoas está no sentido de desenvolvê-las, melhora-las, despertar mais potencial, ajudando-as a se tornarem o melhor profissional que podem ser.

O líder conhecido por desenvolver pessoas começa sua jornada buscando, diária e incansavelmente, o desenvolvimento de si mesmo, porque a mudança de comportamento que pretende ver no outro, precisa ser vista, primeiramente, nele. É a coerência entre o que o líder faz e fala.

É exigido desse líder transformacional habilidade para mudar e inovar, bem como para aceitar e se adequar às mudanças externas. Para que isso aconteça, a criatividade se torna ingrediente essencial.

Percebeu-se que dar autonomia ao liderado, tratando-o como pessoa única e especial que é, faz com que sua autoconfiança seja reforçada e ele se sinta capaz de ser mais criativo e inovador do que nunca foi.

A criatividade depende, portanto, de apoio psicológico para assumir riscos, testar hipóteses e inovações, aceitando possíveis erros.

O futuro promissor das empresas depende diretamente da capacidade das pessoas de criar esse futuro no momento presente. E é nesse ponto que os lideres transformacionais se destacam.

Eles estimulam as pessoas a se reinventarem para conseguirem se destacar neste mundo líquido e fluído, ou seja, neste mundo onde aquilo que ontem era de um jeito, hoje já é de outro.

Assim, este estilo de liderança, ainda em pequeno número no Brasil, merece ser disseminado a todos os setores da economia e aos órgãos públicos, como uma forma de transformar nossa sociedade, integrando-a cada vez mais ao mundo globalizado, para que possamos aproveitar os benefícios desta integração.

Você também pode gostar

Deixe um comentário